São Paulo Lab
diretora / director: Maria Augusta Bueno
colaboradora / collaborator: Ligia Nobre (2013 – 2009)
São Paulo

são paulo lab - studio x global gsapp columbia university
https://www.facebook.com/saopaulolab

São Paulo Lab é uma plataforma para a troca de idéias e ações sobre o futuro da cidade de São Paulo e seu ambiente urbano e colabora com a rede internacional Studio-X / GSAPP Columbia University, Nova York. Studio-X é um lugar para inventar, testar e celebrar novas idéias. Um protótipo da escola do futuro, combinando a intensa concentração da universidade clássica e o poder de colaboração em rede, para a investigação e o debate necessários para enfrentar a variedade de questões urgentes que a próxima geração de designers, arquitetos, urbanistas irá enfrentar. A rede global de espaços Studio-X articula as cidades de Nova York, Rio de Janeiro, São Paulo, Istambul, Mumbai, Beijing, dentre outras.

São Paulo Lab is a platform for the exchange of ideas and actions about the future of the city of São Paulo and its urban environment, and collaborates with Studio-X international network, part of GSAPP Columbia University, New York. Studio-X is a place to invent, test and celebrate new ideas. A prototype of the school of the future combining the intense concentration of the classical university and the collaborative crowd-sourcing power of the global network. It is for research and debate, needed to face the array of urgent questions that will face the next generation of designers.The global network of Studio-X spaces articulates the cities of New York, Rio de Janeiro, São Paulo, Istanbul, Mumbai, Beijing, amongst others.

HUMA | Reflexões Urbanas
curadoras / curators: Ligia Nobre e Maria Augusta Bueno
2013
Chácara Klabin, São Paulo

mais info reflexões urbanas

Este ciclo de encontros realizado pela HUMA desenvolvimento imobiliário, com produção geral da TV1 e curadoria do São Paulo Lab, reuniu empreendedores, arquitetos, urbanistas, artistas, jornalistas, dentre outros, para refletir sobre novos procedimentos e parâmetros de ação na cidade e as intersecções entre o pensamento urbanístico contemporâneo, o mercado imobiliário, o setor público e sociedade civil.

Unsolicited Architecture
curadores / curators: Ligia Nobre e Maria Augusta Bueno, Ole Bouman e Jorn Konjin (NAi)
2011-2012
9a Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo, 2011

Durante a 9a Bienal de Arquitetura de São Paulo (OCA – Parque Ibirapuera) o São Paulo Lab em colaboração com o Instituto dos Arquitetos da Holanda (NAi) apresentou a exposição interativa "Arquitetura não solicitada" com o objetivo de ressaltar a necessidade de um papel mais ativo dos arquitetos na sociedade. Os projetos selecionados foram agrupados em territórios temáticos - Mobilidade, Espaço Público e Vazios Urbanos - que denotam necessidades sociais e oportunidades urgentes nas cidades. Esses territórios constituíram os temas para os três workshops que aconteceram no transcorrer da Bienal. O projeto (a exposição e oficinas) itinerou pelo Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Recife em 2012.

download fact shet (NAi - English)

download unsolicited architecture press info

download pdf Vacancy workshop







Ecotectonics
palestra de Alejandro Zaera Polo
debate com Guilherme Wsinik, Maia Augusta Bueno, Ligia Nobre e Francisco Spadoni
09.2010
FAU-USP

Nas próximas três décadas, mais de um bilhão de pessoas nas economias emergentes, vão passar do meio rural para a cidade. Os recursos naturais não serão capazes de alimentar as futuras cidades, a menos verdadeiras revoluções tecnológicas e de estilo de vida ocorrem: as cidades e o ambiente construído consomem cerca de 70% da energia mundial e geram cerca de 50% das emissões globais de carbono. Preocupações ambientais, sem dúvida, vão impulsionar a evolução da arquitetura durante as próximas décadas. A ponte entre ecologias naturais e artificiais, as redes entre agentes humanos e não-humanos se tornarão uma parte fundamental desse compromisso, politicamente, formal e materialmente e este estúdio será centrado na exploração deste tema e suas implicações e potencialidades arquitectónicas. Se a disciplina da arquitetura tem atraído historicamente em torno do tema da tectônica, a consciência crescente de que a construção é um dispositivo que executa principalmente como um regulador ambiental está mudando o foco da disciplina cerca dos processos ecológicos e termodinâmicos: os edifícios estabelecem o regime de troca de energia do ambiente construído em virtude de sua geometria, sua materialidade, etc. e, portanto, há uma oportunidade para estabelecer relações entre essas performances e sensibilidades arquitectónicas emergentes e novas expressões.

Inundações Urbanas – Urban Flooding Workshop
curadoras / curators: Ligia Nobre e Maria Augusta Bueno
07.2010
Escola da Cidade, São Paulo

O objetivo do workshop, realizado em parceria com a Escola da Cidade e o Instituto dos Arquitetos da Holanda (NAi), foi aprofundar as discussões sobre o tema das inundações nas cidades brasileiras, além de testar soluções para áreas propensas a inundações na região central de São Paulo. Aberto a estudantes e profissionais, o workshop contou com a participação de um renomado time de arquitetos e paisagistas brasileiros, holandeses e americanos, representando escritórios como ScapeStudio, West 8, Studio Marco Vermeulen, Urban Landscape Lab entre outros.

pdf programme